SAAS – Santa Cruz

SAAS – Santa Cruz

Serviço Autónomo de Água e Saneamento de Santa Cruz, inaugurado a 15 de Dezembro do ano 2000, dois meses após a sua proclamação (à 03 de Outubro de 2000), por deliberação da Assembleia Municipal ao abrigo da Lei nº 134/IV/95 de 03 de Julho.

Actualmente trabalham no SAAS 102 funcionários sendo 47 efectivos e 55 com contrato a termo.

Trata-se de um serviço autónomo que tem por objectivo fazer a captação e produção da água subterrânea, produção de água dessalinizada, tratamento e sua distribuição em todo o território municipal.

Também é objectivo ainda do SAAS a recolha e tratamento dos resíduos líquidos e a sua reutilização na agricultura e nas áreas verdes na Cidade de Pedra Badejo.

No entanto o objectivo primordial deste serviço é melhorar a qualidade de vida das populações de Santa Cruz, através de gestão eficaz e eficiente dos serviços de água e lançar Santa Cruz nos destinos de concelho competitivo.

Ainda pretende ser reconhecido como um serviço de referência na prestação de um serviço público eficiente, de qualidade e de proximidade.

De 1990 a esta data, o abastecimento público de água no concelho aumentou consideravelmente. Hoje, 94 por cento das famílias do município beneficiam de água ao domicílio­­­ e 32% das casas estão ligadas a rede de esgoto.

No concelho de Santa Cruz existem várias infra-estruturas hidráulicas com capacidade para produzir e armazenar água potável. Como por exemplo, uma planta Dessalinizadora com capacidade para produzir 500 metros cúbicos de água por dia, nove Furos, vinte e três Reservatórios, duas Estações de Bombagem e uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

Pela importância que tem enquanto serviço estratégico, essencial para o desenvolvimento do município e tendo em conta que a água é o bem mais precioso do Planeta Terra, SAAS tem pela frente importantes desafios a vencer, agravados pela dispersidade e pela sua responsabilidade social, pelo que a colaboração de todos os clientes no cumprimento das suas obrigações, tem um enorme significado.

Portanto fica citado alguns dos desafios futuros:

 

  • Reduzir as perdas técnicas de água ao longo da rede através de substituição de redes antigas por novas;
  • Reduzir as perdas comerciais optimizando o sistema de controlo dos caudais, (substituindo contadores, e melhorando o sistema de facturação/cobrança;)
  • Aumentar a produção da água dessalinizada e disponibilizar a água dos furos para a rega;
  • Implementar laboratório próprio para assegurar a monitorização da qualidade da água;
  • Aumentar a segurança no abastecimento público de água melhorando a segurança dos sistemas de armazenamento/distribuição de água;
  • Instalar uma dessalinizadora de 2500 m3/dia;
  • Construir um reservatório de 2500 m3, cota 266 metros.

Director-delegado:

Eng. Paulo Tavares 

Contacto: 9185000

 

Pontos de interesse

Outros Contactos

  • Bombeiros: (+238) 2692998
  • Hospital: (+238) 2691330
  • Cruz Vermelha: (+238)2691534
  • Mercado Municipal: (+238) 2691510
  • Assembleia Municipal: (+238)

Encontre-nos

Achada Fátima, Pedra Badejo
Ilha de Santiago, Cabo Verde
Avenida Leibinitz
República de Cabo Verde
TEL: (+238)-269 66 55 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.